Não se assuste: estes são os micróbios que vivem na sua língua

0
166
<!– –

Micróbios estão por toda parte em nossas entranhas – e em nossas bocas. Agora, um novo estudo revela que nossos companheiros de língua não estão todos misturados aleatoriamente; ao contrário, eles parecem preferir viver perto de sua própria espécie, separando-se em grupos distintos com base em suas espécies.Os pesquisadores começaram raspando as línguas de 21 voluntários humanos saudáveis. Em seguida, eles usaram etiquetas fluorescentes para identificar grupos específicos de bactérias, algumas das quais produzem nutrientes para nós, para que pudessem ver exatamente onde cada uma vivia na superfície da língua. Sem exceção, as bactérias formaram grupos bem definidos da mesma espécie.

Os aglomerados (acima) se assemelham a um arco-íris microbiano sob o microscópio. Por exemplo, Actinomyces bactérias, em vermelho, crescem próximas ao tecido epitelial da língua, mostrado em cinza, enquanto Rothia bactérias, em ciano, formam longas manchas entre outras comunidades. Streptococcus, em verde, forme uma crosta fina na borda da língua e veias finas no interior. Ao olhar para as imagens, os pesquisadores puderam adivinhar como essas colônias se estabelecem e crescem com o tempo.

Embora os cientistas já saibam muito do sequenciamento de DNA sobre quais micróbios vivem no corpo humano, esta é a primeira vez que eles conseguem observar as comunidades microbianas da língua com tanto detalhe. Ver onde as diferentes espécies se reúnem e como elas se organizam pode revelar muito mais sobre como as bactérias funcionam, dizem os pesquisadores e como elas interagem umas com as outras.

Fonte: www.sciencemag.org

Deixe uma resposta